Faleceu nesta madrugada, em Porto Alegre, o líder político André Nivaldo Jager Soares. Aos 93 anos, ele deixa um legado que será homenageado na Câmara de Vereadores de Uruguaiana pelo parlamentar Rafael Alves. “Uruguaiana está em luto. O Rio Grande do Sul perde um ícone da política”, resume Rafael Alves.

André Nivaldo Jager Soares foi deputado estadual pelo Rio Grande do Sul entre 1971 e 1986, quando deixou o Legislativo gaúcho para assumir como prefeito de Uruguaiana até 1988. No exercício da vereança, presidiu o Poder Legislativo de Uruguaiana em 1964 e 1968.

Na Assembleia Legislativa do Estado ele permaneceu por 16 anos e presidiu a Casa nos anos de 1977 e 1978, quando, por três vezes, ocupou o cargo de governador do Estado interinamente.

Rafael Alves destaca que Nivaldo Soares lembrava com orgulho do prêmio "Springer por Um Rio Grande Maior", que recebeu em 1973. “Ele também foi vice-prefeito de Uruguaiana entre 2001 e 2004. Diretor do Trensurb, e presidente da Corag. Antes da política, militou na advocacia em Uruguaiana”, ressalta o vereador Rafael Alves.